MÍDIA

04/12/2013 - O CRESCENTE INTERESSE PELO GREEN CARD AMERICANO

A cada dia, cresce o número de brasileiros interessados no Green Card Americano, e, de acordo com a legislação americana Existem várias formas de se obtê-lo, tais como: 1) Visto de trabalho (L1), que uma vez observadas determinadas condições pode ser transformado em Green Card 2) Obtenção de visto emvirtude de parentesco comum(a) americano (a), inclusive, casamento 3) Investimento nos Estados Unidos que pode ser através de negócio próprio (abertura de uma empresa americana) ou através de investimentos em Centro Regional.
O tipo de visto mais procurado pelos interessados na obtenção do Green Card é o EB5, criado em 1990 pelo Congresso Americano com o principal intuito de promover a imigração e facilitar o aumento do investimento na economia dos Estados Unidos. É um visto exclusivo aos estrangeiros que pretendem se tornar residentes nos Estados Unidos e abrange também o cônjuge e os filhos menores de 21 anos.
A obtenção do visto EB5 pode ser através do Programa Piloto Investidor, que trata de um investimento em um Centro Regional designado e aprovado pelo USCIS, que é o Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos.
Um Centro Regional é qualquer unidade econômica, pública ou privada, voltada para promover o crescimento econômico, a produtividade, a criação de empregos e investimento de capital. Estes projetos são pré-aprovados pela imigração Americana.
Essa opção é normalmente procurada por aqueles que tenham como objetivo principal a imigração já que é do Centro Regional a incumbência de administrar projetos de investimento EB-5.
A outra forma é o “Programa Básico EB5”, que é através de um novo empreendimento comercial em que o investidor individual assume o papel  direto na supervisão geral do negócio nos Estados Unidos.
Caso o investimento do EB-5 não seja em um Centro Regional, o interessado terá de criar dez empregos diretos em período integral para os trabalhadores norte-americanos.
A aprovação da petição de requerimento do EB5 pelo USCIS torna o investidor residente por dois anos. Após este período, ele se torna um residente permanente dos Estados Unidos.
Recentemente, o UISICS relatou que só em 2013, 136 Centros Regionais foram aprovados. Do total foram 364 pedidos. Os novos centros estão localizados em: Alabama, California, Connecticut, Florida, Georgia, Indiana, Kentucky, Maine, Massachusetts, Michigan, Mississippi, New Hampshire, New Jersey, New York, North Carolina, Oklahoma, Pennsylvania, Puerto Rico, South Carolina, Tennessee, Texas e Virginia.
Para as empresas sediadas no Brasil com interesse em atuação no exterior, por meio de investimentos, há a necessidade de uma assessoria com profissionais experientes face à complexidade do processo que envolve a obtenção do visto EB5, uma vez que existem vários requisitos a serem cumpridos, sendo que o principal deles é demonstrar que o investimento irá trazer benefícios para a economia dos Estados Unidos.
O valor do investimento gira em torno de 500 mil dólares para áreas qualificadas pelo censo americano como TEA ou Target Employment Area, que são locais economicamente desfavorecidos ou áreas rurais, e pode chegar a 1 milhão de dólares. Quando um Centro Regional é aprovado, a USCIS reconhece que são plenamente viáveis os planos estipulados, ou seja, que está de acordo com as metas de geração de empregos e de investimentos.

(Publicado no Jornal Brasil Econômico)
 
 



« voltar

Advocacia Celso Botelho de Moraes © 2012
Rua São Carlos do Pinhal, 696 - 11º andar - São Paulo / SP - Brasil - Telefone: +55 (11) 3285-2100 - Fax: +55 (11) 3253-3649 - Cep 01333-000
SRTV - Sul - Quadra 701 -L05 - C.E Brasilía - Bloco A - Sala 526 - Brasilía/DF - Brasil - Telefone: +55 (61) 3322-1589 - Cep 70340-970

Desenvolvimento: www.g7.com.br